Em defesa da política, contra a corrupção e privilégios

Na Tribuna da Câmara dos Deputados desta quarta-feira (24), o deputado federal Celso Maldaner manifestou a sua preocupação com a situação política atual e principalmente com a opinião do cidadão brasileiro em relação à sua desconfiança com a política.

Segundo um levantamento do DATAFOLHA, 67% dos brasileiros estão desacreditados e julgam que a corrupção deve aumentar nos próximos anos.

Para Maldaner, não cabe levantar quem é o culpado de cada vez mais existir atos de corrupção e apontar os erros de cada um, mas sim, punir quem está cometendo crimes, com uma lei mais severa.

“É um absurdo sem precedentes que a população esteja cada vez mais desacreditada do trabalho de quem os representa, não podemos corroborar com a omissão na tomada de uma providência para solucionar isso”, destaca.

O parlamentar é autor da PEC 247-2016 que quer extinguir o foro especial por prerrogativa de função para todos, ou seja, acabar com o foro privilegiado. Para ele, se há uma cláusula pétrea na constituição muito clara em que diz que todos são iguais perante a lei, porque uns são mais iguais do que os outros para não sofrerem qualquer tipo de condenação ou julgamento como um cidadão comum?

Maldaner ainda destaca a prisão em segunda instância, cujo objetivo é dar segurança ao povo brasileiro combatendo o crime organizado.

“Vamos trabalhar com equilíbrio e no compromisso de fazer tudo o que é necessário para resgatar a confiança política banindo os corruptos, aprovando essas medidas que estão paradas aqui nessa Casa”, discursou.

Compartilhe com amigos

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Newsletter

Newsletter

Vídeos