Maldaner pede a suspensão do pagamento das dívidas de financiamento dos produtores rurais atingidos pela estiagem até a próxima safra

A estiagem que assola o sul do país, especialmente o grande oeste catarinense está tirando o sono dos produtores rurais e deixando todos muito preocupados. Por isso, o deputado federal e coordenador da Comissão de Agricultura Familiar da Frente Parlamentar da Agropecuária – FPA, Celso Maldaner protocolou junto a Câmara dos Deputados duas indicações: uma para a Ministra da Agricultura – Tereza Cristina e outra para o presidente do Banco Central – Roberto Campos Neto, pedindo a suspensão do pagamento das dívidas de financiamento dos produtores rurais atingidos pela estiagem até a próxima safra.

Maldaner explica que este ano os produtores rurais estão tendo muitas dificuldades, seja provocadas pela pandemia do novo coronavírus, pelas chuvas torrenciais e agora uma grave estiagem provocando especialmente a falta de água nas lavouras e no tratamento de animais como o gado leiteiro, suínos e aves, gerando grandes prejuízos para os produtores que dependem de suas safras para manterem a rotatividade econômica.

Neste momento estamos passando por uma das maiores secas dos últimos anos no nosso grande oeste catarinense e nós precisamos intervir junto aos governos estadual e federal para auxiliar a produção com ações imediatas em apoio ao setor”, destacou.

A solicitação é para que o Governo Federal por intermédio do Banco Central, suspenda ou prorrogue o pagamento das dívidas dos produtores rurais afetados pela estiagem em Santa Catarina, principalmente dos que utilizam financiamentos via Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR), para pelo menos até junho de 2021, em que uma nova safra poderá ser feita e assim, cobrir seus prejuízos.

 

Compartilhe com amigos

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Newsletter

Newsletter

Vídeos