Preocupado com a estiagem no oeste catarinense, Maldaner busca soluções em Brasília

Em 2020, Santa Catarina sofreu uma das maiores instabilidades climáticas dos últimos anos, causando grandes prejuízos para os municípios e especialmente para os produtores rurais.  Agora, mais uma vez o oeste catarinense está passando por uma grave estiagem.

 

Preocupado com a situação dos municípios e especialmente dos produtores rurais que dependem muito de recursos governamentais para amenizar os prejuízos sofridos e dar sequência na sua produção, o deputado federal Celso Maldaner esteve em Brasília nesta semana em busca de soluções.

 

No Ministério da Agricultura, em audiência com o secretário nacional de agricultura familiar e cooperativismo –  Fernando Schwanke, pediu atenção especial à destinação de recursos para os pequenos agricultores e agricultores familiares. Para ele, o Plano Safra é ideal para os produtores que tiveram suas safras afetadas, principalmente para que os produtores de milho e soja, possam receber subsídios que tendem a minimizar as danosas consequências sofridas. “A falta desses insumos prejudica toda a cadeia agropecuária e produtiva. Queremos que pequenos, médios e grandes produtores tenham as mesmas condições de acesso ao crédito”, explica o deputado.

 

Já no Ministério de Desenvolvimento Regional, esteve reunido com o Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil – Alexandre Lucas Alves. Em vídeo postado nas redes sociais do deputado, Alexandre explica as medidas que os municípios devem tomar, a fim de decretar estado de emergência e enviar o processo ao sistema, e após ter o pedido reconhecido, ter acesso aos serviços prestados pela Defesa Civil, incluindo recursos para o combustível de caminhões ou locação de caminhões pipa, cestas básicas e outros.

 

“Para este ano, a Secretaria da Agricultura do Estado criou linhas de crédito e, com apoio da Assembleia Legislativa assegurou R$ 43,5 milhões para diminuir os prejuízos do agro. Deste mesmo modo, estamos pedindo ao governo federal a sua contribuição”, finaliza Maldaner.

Compartilhe com amigos

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Newsletter

Newsletter

Vídeos